Categorias
Reflexão

A Ingenuidade Liberal

Salim Mattar afirmou em seu twitter:

O PT não tem mais o que fazer. Agora entrou com ação no STF para obrigar o Brasil a defender na ONU o fim do embargo dos EUA à Cuba. Essa esquerda brasileira, como sempre, defende ditaduras e quer ganhar todas as questões no tapetão do judiciário. Falta maturidade política!

Santa ingenuidade.

Não falta maturidade política, eles sabem muito bem o que estão fazendo.

O que sobra na esquerda é esperteza, malandragem e despudor.

É intencional, deliberado, maquiavélico.

Eles querem o poder da forma que for possível. Se for preciso negociar com o diabo, eles vão fazer.

A abstinência do dinheiro público é insuportável.

A direita que é de uma ingenuidade inaceitável e ainda tá esperando honra e hombridade do outro lado.

Ingênuos e chatinhos

Veja bem, eu me considero mais liberal do que conservador. Sou favorável à regulamentação rígida (não liberação) de algumas drogas, por exemplo, coisa que conservadores abominam.

Mas eu procuro ser pragmático. Um país tornado semi-socialista como o Brasil durante 129 anos de uma república esculachada, não será endireitado em 2 anos, ainda mais com um Maia no meio do caminho, como tivemos.

A vereadora Amália Tortato afirmou:

Liberais que ignoram as facetas autoritárias, e as soçadas do Presidente, fazem um grande desserviço ao movimento… Sim, existem (cada vez menos) liberais no Governo, mas Jair Bolsonaro definitivamente não é um deles!

Em 2 anos, tivemos Reforma da Previdência, Lei de Saneamento, Lei da Liberdade Econômica, Lei de Falências, Serviços públicos digitais, Autonomia do Banco Central, Novo mercado de Gás entre outros. E ainda tivemos a Reforma Trabalhista e a Lei do Teto de Gastos do Temer, justiça seja feita.

Melhor um liberalismo gradual e possível, do que nenhum liberalismo, como era até 2018.

Mas os mimimiberais querem um Mises, um Friedman no Planalto, e querem tornar o Brasil uma Inglaterra em 4 anos.

O mundo real, infelizmente, não vai facilitar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *